Dubai cria chuva artificial com tecnologia para combater o calor

CIO-SE 27 agosto 2021 - 15:45

Os Emirados Árabes têm investido pesado em uma tecnologia capaz de produzir chuva artificialmente. Devido ao clima quente, principalmente no verão, onde o calor chega a 50° rapidamente, o país desenvolveu essa tecnologia a fim de amenizar a seca na região.

Todo o processo de produção de chuva ocorre através da semeadura de nuvens, que inclusive já alterou os níveis de pluviosidade do país. Essa tecnologia precisa ser utilizada de forma contínua para que os resultados sejam percebidos, já que segundo o setor meteorológico, os Emirados Árabes possui uma precipitação média de dez centímetros.

A semeadura de nuvens é uma alteração climática que se faz a partir de substâncias químicas, que conseguem, ao ser lançadas no ar, condensar as nuvens, reproduzindo a etapa natural da chuva. Essas substâncias transformam os processos micro físicos dentro das nuvens, e assim aumentam os níveis de precipitação.

Desde 2014 muitos milhões já foram investidos nessa tecnologia a fim de aprimorá-la e deixá-la ainda mais completa. O produto químico utilizado no processo de semeadura de nuvens é o iodeto de prata.

Conforme os estudos avançam nessa área, melhor fica essa tecnologia. Um sistema novo programado será testado nos Emirados através de drones que utilizam descargas elétricas para aumentar ainda mais a precipitação nas nuvens. O projeto será implementado em breve.

 

Fonte: TecMundo